Resenha “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, J.K. Rowling

123806418sz

Livro: Harry Potter e a Pedra Filosofal

Autor: J. K Rowling

Editora: Rocco

Número de Páginas: 223

Sinopse: A vida do menino Harry Potter não tem um pingo de magia. Ele vive com os tios e o primo, que não gostam nem um pouco dele. O quarto de Harry é, na verdade, um armário sob a escada, e ele nunca comemorou um aniversário sequer em onze anos.
Até que, um dia, Harry recebe uma carta misteriosa, entregue por uma coruja: um convite para estudar num lugar incrível chamado Escola de Magia e Bruxaria Hogwarts. Lá ele vai encontrar não só amigos, esportes praticados em vassouras voadoras e magia para todo lado, como também seu destino, que espera por ele desde que nasceu… Se ele sobreviver a tudo que esta descobrindo, é claro.

Minha Resenha

whatsapp-image-2017-01-21-at-22-45-34

“O medo de um nome aumenta o medo da coisa em si.”

Meus queridos, por favor, não joguem pedras em mim (mesmo se for a filosofal hahaha). Sim, aos 21 anos estou lendo a saga Harry Potter pela primeira vez e não gostei do primeiro livro. Acredito que por ser um grande sucesso e ter fãs por todo o planeta acabei colocando muita expectativa que no fundo me fez querer bater a cabeça na parede.

Em Harry Potter e a Pedra Filosofal, somos apresentados ao menino Harry.  Harry é uma criança de 10 anos, órfão, e que vive com seus tios e seu primo, porém sua única família faz pouco caso dele, ele vive no seu quarto, que é debaixo de uma escada. Harry é um pouco estranho e ele não sabe porque é assim, até que próximo do seu aniversário de 11 anos uma carta chega à casa de seus tios, endereçada ao menino Potter.

“Não faz bem viver sonhando e se esquecer de viver, lembre-se.”

As aventuras começam quando seus tios não deixam Potter receber essa carta, e quanto mais seus tios fogem pra não receber mais cartas vão chegando. Depois que Harry completa 11 anos, Hagrid vem dizer para o próprio o motivo das cartas e quem ele é realmente, um bruxo, e que ele terá que ir estudar em Hogwarts.

whatsapp-image-2017-01-21-at-22-45-34-4

Antes de ir para Hogwarts, Hagrid conta tudo que pode para Harry. No dia 1 de Setembro, Harry vai para a estação King’s Cross e precisa embarcar na plataforma 9/5 com destino a Hogwarts. Logo na plataforma, Harry conhece Ronald  Weasley, para os mais íntimos Rony e sua família, na escola de magia ele conhece outros alunos como Draco Malfoy e Hermione.

“Afinal, para a mente bem estruturada, a morte é apenas a grande aventura seguinte.”

Lá em Hogwarts Potter passa a conhecer algumas coisas sobre o mundo dos bruxos, entre eles feitiços e um esporte que ele se destaca logo de cara, o Quadribol. Como Harry é uma criança bastante curiosa acaba descobrindo sobre a Pedra Filosofal e também sobre sua origem.

O livro é legal, mas para mim faltou mais emoção, que ficou apenas para os três últimos capítulos. Não vou desistir da série, não posso julgar um universo mágico apenas pelo primeiro livro. Espero gostar dos próximos livros e virar fã da J. K Rowling porque o mundo inteiro é fã dessa mulher.

“É preciso muita audácia para enfrentarmos os nossos inimigos, mas igual audácia para defendermos os nossos amigos.”

PS: me disseram que a série vai melhorando muito ao longo dos livros e não vejo a hora de conhecer cada aventura do menino Harry.

Beijos da Bia!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s