Resenha “A Febre”, Megan Abbott

a-febre

Livro: A Febre

Autor: Megan Abbott

Editora:  Intrínseca

Número de Páginas: 272

Sinopse: Na Escola Secundária de Dryden, Deenie, Lise e Gabby formam um trio inseparável. Filha do professor de química e irmã de um popular jogador de hóquei da escola, Deenie irradia a vulnerabilidade de uma típica adolescente de 16 anos. Quando Lise sofre uma inexplicável e violenta convulsão no meio de uma aula, ninguém sabe como reagir.
Os boatos começam a se espalhar na mesma velocidade que outras meninas passam a ter desmaios, convulsões e tiques nervosos, deixando os médicos intrigados e os pais apavorados. Os ataques seriam efeito colateral de uma vacina contra HPV?
Envoltos em teorias e especulações, o pânico rapidamente se alastra pela escola e pela cidade, ameaçando a frágil sensação de segurança daquelas pessoas, que não conseguem compreender a causa da doença terrível e misteriosa.

 

Minha Resenha

11917488_10153786100740579_3967121838997392429_n

Estava eu lá, navegando na internet quando encontrei uma promoção incrível, mas os livros ou não eram do meu estilo, ou eu já tinha lido. Foi quando eu vi A Febre. Tanto o título quanto a capa me chamaram a atenção, e depois que li a sinopse… eu não podia deixar passar. Fiz uma pesquisa na internet porque sou dessas, e só encontrei elogios, recomendações, boas avaliações e etc. Comprei e a entrega foi no tempo certo, tudo ok, mas o que demorou mesmo foi a leitura. Fiquei travada, passei muito tempo sem ler e, quando lia, eram poucas páginas. O que aconteceu é que achei que durante metade do livro, ou até um pouco mais, tudo acontecia muito devagar.
A narrativa acompanha a família Nash: Tom, Eli e Deenie; a qual está próxima de um ocorrido estranho que atinge a escola e assusta a cidade de Dryden, um lugar frio e com inverno constante. Mas qual é o ocorrido? Pouco depois de uma dose da vacina contra o hpv ser distribuída na escola, uma menina, Lise Daniels, tem um ataque na sala de aula e então várias outras começam a desmaiar, ter tiques nervosos e etc. O livro promete explicar qual é a causa de tudo isso: seriam mesmo as vacinas? O lago contaminado da cidade? Ou outra coisa?

a-febre
Além dos três principais personagens, alguns outros ficam próximos de todo o ocorrido, e o que achei interessante é que a maioria desses alguns têm toda uma história além-livro, com acontecimentos em sua vida, que são contados no meio dessa história.
Quando a emoção e agitação começa realmente, a história é boa, mas acho que criei expectativas demais pra um livro que me entediou em boa parte dele.
Parando para fazer uma análise geral da minha leitura, talvez esse livro ficasse melhor se fosse um filme. A parte inicial, mais parada, com vários capítulos para mostrar poucos dias, não ficaria entediante, e alguns lugares (e cenas também) têm um clima bem filme, como o lago e o bosque. Um elemento que eu esqueci algumas vezes enquanto lia, mas que é importante pra criar um clima, e daria um clima ainda mais de acordo se transformado em filme seria a chuva constante. Quem sabe algum dia não acabe realmente sendo transformado? Megan Abbott é uma escritora conhecida e alguns de seus livros são famosos, como Dare Me.
Bem, fica aí a expectativa.

Por Camille Roshler

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s