Resenha “Doce Amargo”, Evelyn Santana

doce-amargo-frontal

Livro: Doce Amargo

Autor: Evelyn Santana

Número de Páginas: 441

Editora: Coerência

Sinopse: Melinda é uma garota que não conhece suas origens, tendo sido abandonada com pouco dias de vida em um orfanato, onde se apaixona por uma ilusão, um rosto em uma foto no jornal: Robert Blackwell, um promissor empresário que fez uma doação para o orfanato onde ela morava.
Anos mais tarde, Linda consegue se reerguer, estudar e garantir um bom emprego na empresa de Robert.
Um acidente faz com que se encontrem. A ganância dele os aproxima. E o amor sela tudo.

Minha Resenha

thumbnail_img-20160916-wa0087

 

Melinda Calle é uma moça jovem e que desde pequena precisou de muita garra para viver, foi abandonada poucos dias após o nascimento, passou por vários orfanatos e por ter laços latinos acabou não sendo adotada ( a história se passa nos Estados Unidos).

“De tantas coisas em minha vida capazes de me entristecer, amar Robert Blackwell era o que mais me feria, porque esse é o preço que se paga por desejar o impossível.”

A vida de Melinda e de todos que estavam lá eram bem simples, longe de qualquer luxo, já que a maioria das coisas que eles tinham era obtidos através de doações, aniversários e Natais não eram dias de tantas comemorações, mas no último ano de Melinda no orfanato Raio de Sol foi diferente, uma grande doação foi feita  e o Natal foi especial. Depois de alguns dias Melinda achou um recorte de jornal com uma foto do benfeitor do orfanato e logo se apaixonou.

Robert Blackwell é um CEO de sucesso e também o benfeitor que fez uma doação para um orfanato há alguns anos atrás, por causa de várias adversidades da vida vez com que ele se tornasse um homem rude, sem paciência e que quer tudo nas suas mãos. Robert nutre uma grande amargura com seu pai já que nunca teve o carinho do mesmo e viu sua mãe sofrer por causa do pai, principalmente por relacionamentos extraconjugais.

“Contudo, é engraçado como não se pode obrigar um coração a não ter mais esperanças. “

whatsapp-image-2016-11-15-at-13-09-45

A história começa a tomar rumo quando Robert está saindo  da empresa para encontrar James  , advogado de seu pai, para a leitura do testamento. Mas enquanto saía Robert acaba atropelando Melinda e fica ainda mais nervoso com o atraso, na verdade adiamento da reunião porque ele se vê na obrigação de levá-la ao hospital.

“- Você será minha, Linda – murmurei para mim mesmo. – E quando nos beijarmos da próxima vez, você vai preferir a morte por asfixia a ter que deixar meus lábios para tomar ar.”

Robert é muito grosso com Melinda enquanto a leva para o hospital e isso acaba deixando ela bastante angustiada e amedrontada, até que Robert descobre que Melinda é funcionária de sua empresa. Melinda mal acredita que está com seu chefe que também é o homem que ela nutriu um sentimento muito forte por muitos anos.

Alguns dias  se passam e a leitura do testamento de Fredderick é feita e deixa Robert furioso; seu pai exige que ele se case em até três meses para poder tomar posse da herança ou tudo passará para o nome da amante de Fredderick. Robert fica indignado  com a atitude do pai, mas fica sem ter muito o que fazer, na verdade ele acaba descobrindo que pode sim fazer algo, acatar a vontade do pai, mas de sua forma. Casar-se, porém não com quem seu pai gostaria. Depois de ouvir uma conversa das amigas Melinda com Christine, Robert coloca um plano em ação: conquistar Melinda Calle, uma funcionária da contabilidade, sem um berço familiar importante e casar, assim vingando-se de seu pai.

A ganância de Robert em tomar posse da herança é o que lhe move, porém ele perderá o controle de toda a situação.

“A quem eu queria enganar? Sentimentos não se ligam e desligam, é mais complicado do que isso.”

Rob e Linda (para os mais íntimos), acabam tendo um relacionamento intenso. Linda começa a se entregar totalmente a esse relacionamento e mesmo sem querer, Rob faz o mesmo.

Mas até onde a ganância é mais forte do que o amor?!

whatsapp-image-2016-11-15-at-13-09-45-1

 

Confesso que estou apaixonada por Doce Amargo. Desde que fiz parte das Primeiras Impressões promovida pela autora Evelyn Santana no Instagram fiquei louca para continuar a leitura. Evelyn conseguiu me conquistar pelas personalidades de todos os personagens, desde Christine e até Sofie (personagem mais fofa do livro). É uma leitura viciante, que te faz querer largar tudo só para ler.

“- Favoritismo e amor não andam juntos, você sabe. Mas como eu dizia, eu não vôo desapontar minha única sobrinha.”

Sou fã de Linda, a sua personalidade se parece muito com a minha. Ela é movida pela emoção mas tenta manter o controle, quer ter segurança em tudo que faz e fiquei muito feliz com o que foi apresentado no fim do Livro 1 para a personagem, menos que isso não poderia ser aceito.

Fiquei muito brava com Rob em boa parte do livro, ele teve diversas chances de contar a verdade para Linda, mas preferiu levar o plano adiante. Eu sempre falava com a Evelyn que eu queria bater no Robert por estar fazendo isso com Linda.

“- Gosto de correr riscos, Elizabeth. Eles tornam a vida mais interessante.”

Me afeiçoei muito por Lizzie e por Sofie, respectivamente irmã e sobrinha de Rob, e é claro que tem aqueles personagens que dá vontade de matar hahaha.

Enfim, amei a leitura e não vejo a hora de poder ler o Livro 2, e por isso eu digo : Evieee, lança Doce Amargo 2 logooo!!!

“Eu, Melinda Calle, amava Robert Blackwell com cada partícula do meu ser, só não estava certa do quanto ele poderia me amar de volta.”

Vale ressaltar também o carinho e a atenção da Evie enquanto eu lia DA. Me respondia sempre e aguentou todas as minhas mensagens no Whatsapp. Eviee, você é um amor! Te desejo tudo de melhor no mundo e você conquistará o mundo com DA.

 

POR BIA SOUSA

Anúncios

6 comentários sobre “Resenha “Doce Amargo”, Evelyn Santana

  1. Evelyn Santana disse:

    Ahhhhh, mas que resenha amor! Meu Deus!
    Bia, muitíssimo obrigada por todo o carinho. Fiquei muito emocionada com tantas fotos lindas e com esses quotes maravilhosos.
    Você é incrível e essa resenha foi uma explosão de amor. *—–*

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s