Resenha “Academia de Vampiros:O Beijo das Sombras”, Richelle Mead

Livro: Academia de vampiros – O beijo das sombras

Autor: Richelle Mead

Número de páginas: 319

Editora: Nova Fronteira Participações S.A (Agir)

Sinopse: A escola São Vladimir não é uma escola como outra qualquer. É um esconderijo onde vampiros aprendem a controlar seus poderes e dampiros são treinados para protegê-los. Rose Hathaway é uma dampira, guarda-costas de sua melhor amiga, Lissa, uma princesa vampira Moroi. Há dois anos elas estão fugindo, mas agora são capturadas e levadas à força para São Vladimir – justamente o lugar mais perigoso para elas. Juntas, Rose e Lissa vão ter que lidar com inveja, ciúme e novas paixões, e lutarão para, acima de tudo, proteger uma à outra.

Minha Resenha

Para começar, este não é um livro que sempre eu ouvi falar e que todos os meus amigos leitores me recomendaram, como Divergente, Harry Potter, A seleção e por aí vai. É sim um best-seller com muitos fãs e que tem até um filme, mas sabem como é né.

Confesso que no começo desacreditei no potencial do livro, por ser um tema muito abordado. Minha própria amiga disse que devia ser o maior clichê. Nos enganamos. É uma história encantadora que, claro, como a maioria dos livros para este tipo de público, tem alguns clichês adolescentes, mas mostra várias coisas diferentes.

Rose é uma dampira (meio humana, meio vampira) adolescente bastante forte, bonita e determinada. Ela e sua melhor amiga, Lissa (uma Moroi; que são os vampiros “do bem”) fugiram da escola há dois anos e logo no primeiro capítulo são pegas pelos Guardiões e levadas de volta.

As duas têm muitos segredos, entre eles o laço que acabaram criando quando Lissa salvou Rose no acidente de carro que matou a família desta primeira. Este laço permite a Rose sentir as emoções de Vasilisa e, às vezes, até entrar na cabeça dela e ver o que ela está vendo, mesmo estando longe.

Estando no último ano da escola São Vladimir, logo elas vão formar-se e Rose se tornará Guardiã de algum Moroi, e tudo o que ela quer é que Lissa seja sua protegida. O único problema é que esta dampira é muito encrenqueira e nervosinha, e para se tornar Guardiã de uma pessoa que pertence a uma das famílias reais, Rose terá de se esforçar muito para se manter na linha. Mas eu acho que me enganei… Se manter na linha talvez seja o menor dos problemas comparado à todas aquelas fofocas e boatos que correm pela escola, aos grupos de nobres esnobes e não-nobres que querem passar por cima de todos para serem reconhecidos e talvez até aos novos amores que ambas vão encontrar nos lugares menos esperados…

Mas quem está perseguindo Lissa? Qual é o segredo da professora Karp? Por que a escola não é segura para elas? Esses são alguns dos mistérios que o livro apresenta.

Garanto que não vão se arrepender, por mais que pareça aquele clichê já manjado, é muito surpreendente, com vários elementos novos e personagens bem bolados. A narração de Rose em primeira pessoa torna tudo mais envolvente e te faz sentir dentro do livro, vivendo e sentindo o mesmo que ela e Lissa (afinal, o que Lissa sente, Rose sente).

Tudo isso sem falar no Dimitri, que é um Guardião dampiro incrivelmente bonito e um tanto quanto misterioso.

Alguns pontos que eu achei negativos foram algumas ações e reações desnecessárias dos personagens, que não precisavam ser escritas, pois não fizeram diferença alguma no rumo da história.

Li a versão com a capa do filme e não encontrei nas informações que edição era; não sei se era a primeira, mas vi alguns erros de digitação e alguns demorei a entender o que realmente significavam. Fora isso, acredito que seja só.

O final foi bem criado, deixando pontos em aberto para serem explicados no próximo livro, como uma corda arrebentada que você precisa apanhar a outra parte e amarrar de novo.

Ao todo, essa série maravilhosa é composta por seis livros e sem dúvida ganharia quatro estrelas e meia, ou até cinco.

Filme

Sobre o filme, eu ainda não o assisti, então não posso contar para vocês se é bom e fiel à obra original, mas quero muito assistir logo, e quando isto de fato acontecer, farei uma resenha.

Mas segue abaixo o trailer do filme.

Beijos da Camille!

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha “Academia de Vampiros:O Beijo das Sombras”, Richelle Mead

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s