Resenha “A Rainha Vermelha”, Victoria Aveyard

Livro: A Rainha Vermelha

Autor: Victoria Aveyard

Número de Páginas:  420

Editora: Seguinte

Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.

Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?

Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe – e Mare contra seu próprio coração.

Minha Resenha

Confesso que comprei o livro por causa da capa que é maravilhosa e também por ter visto diversos BookTubers indicando a leitura.
No início do livro nos deparamos com a difícil vida de Mare Barrow, uma jovem de sangue vermelho (plebeus, humildes), que são destinados a servirem aos sangue prateados que tem poderes sobrenaturais que os tornam praticamente deuses.
Ela rouba pra sobreviver e ajudar a sustentar a sua família, só que Mare já está com os dias contados para ir para o Exército, já que está quase completando 18 anos e ainda não aprendeu um ofício.
“A frase ‘vermelha na cabeça, prateada no coração’ não me sai do pensamento e serve de guia para os meus pensamentos.”

Só que graças a uma reviravolta Mare é convocada para trabalhar na casa dos reis na cidade de Norta, mas não era só isso, um grande acontecimento faria que tudo mudasse de uma forma que ninguém esperava. Mare agora será noiva de um príncipe e toda a sua vida vira de cabeça para baixo.

Um livro emocionante, e que na minha opinião não caiu no ritmo, muita coisa acontece o que fez o livro me encantar tanto.

“Não importa a cor do sangue, os homens sempre cairão.”

Um livro que amei muito e li em menos de 24 horas. Com leitura fácil e rápida a autora me conquistou completamente e não vejo a hora de poder ler o segundo livro da série “Espada de Vidro”.
Anúncios

2 comentários sobre “Resenha “A Rainha Vermelha”, Victoria Aveyard

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s